Ações Corretoras Dólar Empresas EUA Geral

As melhores corretoras para investir no exterior em 2023

Investir no exterior é uma forma de diversificar sua carteira, aproveitar oportunidades em outros mercados e proteger seu patrimônio de crises e instabilidades no Brasil. No entanto, para investir diretamente em ações, fundos, ETFs e outros ativos estrangeiros, você precisa de uma corretora que ofereça esse serviço.

Mas como escolher a melhor corretora para investir no exterior? Quais são os critérios que você deve considerar? Quais são as vantagens e desvantagens de cada uma delas?

Neste artigo, vamos apresentar as três melhores corretoras para investir no exterior em 2023, segundo nossa análise. Vamos comparar seus custos, variedade de ativos, facilidade de uso e suporte ao cliente. Confira!

Avenue

A Avenue é uma corretora americana fundada por brasileiros, que tem como foco atender os investidores do Brasil que querem investir nos Estados Unidos. Ela oferece uma plataforma em português, com atendimento local e suporte jurídico e tributário.

A Avenue permite que você invista em mais de 5 mil ações e ETFs listados nas principais bolsas americanas, como a NYSE e a NASDAQ. Além disso, você pode investir em REITs, que são fundos imobiliários dos EUA, e em BDRs, que são recibos de ações estrangeiras negociados na B3.

A Avenue também oferece um serviço de banking, que permite que você tenha uma conta digital nos EUA, com um cartão de débito internacional e a possibilidade de fazer transferências, pagamentos e compras online.

Prós

  • Plataforma em português, com interface simples e intuitiva;
  • Atendimento local, com chat, e-mail, telefone e WhatsApp;
  • Suporte jurídico e tributário, com emissão de informes de rendimentos e cálculo de impostos;
  • Câmbio instantâneo integrado, com taxa de 1,2% sobre o dólar comercial;
  • 3 corretagens grátis por mês, e depois US$ 2,50 por ordem;
  • Sem custo de manutenção, custódia ou abertura de conta;
  • Serviço de banking, com conta digital e cartão de débito nos EUA.

Contras

  • Variedade de ativos limitada aos EUA;
  • Não oferece investimento em bonds, fundos, criptomoedas e outros ativos;
  • Não oferece investimento fracionado em ações e ETFs;
  • Não oferece plataforma avançada para traders.

Nomad

A Nomad é uma fintech brasileira que oferece uma solução completa para quem quer investir e consumir no exterior. Ela funciona como uma corretora e um banco digital, com uma plataforma integrada e um cartão de crédito internacional.

A Nomad permite que você invista em mais de 3 mil ações e ETFs listados nas bolsas americanas, além de REITs e BDRs. Você também pode investir em fundos de investimento exclusivos, que são geridos por gestoras renomadas, como a BlackRock, a Vanguard e a ARK.

A Nomad também oferece um cartão de crédito internacional, que permite que você faça compras em mais de 200 países, com cashback e descontos em parceiros. Você também pode fazer transferências internacionais, pagar contas e recarregar celulares no exterior.

Prós

  • Plataforma em português, com interface moderna e amigável;
  • Atendimento rápido, com chat, e-mail e telefone;
  • Suporte tributário, com emissão de informes de rendimentos e cálculo de impostos;
  • Câmbio integrado, com taxa de 1% sobre o dólar comercial;
  • Corretagem zero para ações, ETFs, REITs e BDRs;
  • Sem custo de manutenção, custódia ou abertura de conta;
  • Serviço de banking, com cartão de crédito internacional e cashback.

Contras

  • Variedade de ativos limitada aos EUA;
  • Não oferece investimento em bonds, criptomoedas e outros ativos;
  • Não oferece investimento fracionado em ações e ETFs;
  • Não oferece plataforma avançada para traders.

Interactive Brokers

A Interactive Brokers é uma das maiores e mais antigas corretoras do mundo, fundada em 1978 nos Estados Unidos. Ela oferece acesso a mais de 135 mercados em 33 países, incluindo ações, ETFs, opções, futuros, forex, bonds, fundos e CFDs. A Interactive Brokers é regulada por diversas entidades, como a SEC, a FINRA e a CVM, e conta com a proteção do SIPC, que garante até US$ 500 mil em caso de falência da corretora1.

Prós

Contras

  • A Interactive Brokers tem uma interface complexa e pouco intuitiva, que pode ser difícil de usar para iniciantes ou investidores menos experientes. A plataforma TWS tem muitas funcionalidades e opções, mas também requer um alto nível de conhecimento e habilidade para operar.
  • A Interactive Brokers cobra uma taxa de inatividade de US$ 10 por mês, caso o cliente não realize nenhuma operação ou não tenha um saldo mínimo de US$ 100 mil na conta. Essa taxa é descontada da taxa de corretagem, caso haja. Além disso, a Interactive Brokers cobra outras taxas, como taxa de custódia, taxa de câmbio, taxa de retirada e taxa de dados de mercado.
  • A Interactive Brokers tem um atendimento ao cliente limitado e pouco satisfatório, segundo algumas avaliações de usuários. O suporte é feito por telefone, e-mail ou chat, mas nem sempre é rápido, eficiente ou cordial.

Vest

A Vest é uma corretora brasileira que permite investir no exterior de forma simples e acessível. Ela foi lançada em 2021, com o objetivo de democratizar o acesso a investimentos globais para brasileiros. A Vest oferece acesso a mais de 3 mil ações e ETFs listados nas bolsas dos Estados Unidos, como a NYSE e a NASDAQ. A Vest é regulada pela CVM e pela SEC, e conta com a proteção do SIPC, que garante até US$ 500 mil em caso de falência da corretora4.

Prós

  • A Vest tem uma plataforma de negociação fácil de usar e intuitiva, que permite comprar e vender ações e ETFs com poucos cliques, além de oferecer ferramentas de análise e recomendações de investimentos.
  • A Vest tem taxas de corretagem zero, ou seja, não cobra nada para executar as ordens dos clientes. Além disso, a Vest não cobra taxa de custódia, taxa de inatividade, taxa de retirada ou taxa de dados de mercado.
  • A Vest tem um serviço de câmbio integrado, que permite aos clientes enviar e receber dinheiro em reais ou dólares, com taxas competitivas e sem burocracia. A Vest também oferece um cartão pré-pago internacional, que permite aos clientes usar o saldo em dólares da conta para fazer compras e saques em qualquer lugar do mundo onde o cartão Visa é aceito.
  • A Vest tem um atendimento ao cliente diferenciado e personalizado, que oferece suporte por telefone, e-mail, chat ou WhatsApp, de forma rápida, eficiente e cordial. A Vest também oferece conteúdos educativos e informativos sobre investimentos no exterior, como vídeos, podcasts, artigos e newsletters.

Contras

  • A Vest tem uma variedade de ativos limitada, que se restringe a ações e ETFs listados nas bolsas dos Estados Unidos. A Vest não oferece acesso a outros mercados, como Europa, Ásia ou América Latina, nem a outros tipos de ativos, como opções, futuros, forex, bonds, fundos ou CFDs.
  • A Vest tem um depósito mínimo de US$ 500 para abrir a conta, o que pode ser um obstáculo para investidores iniciantes ou com pouco capital. Além disso, a Vest cobra uma taxa de câmbio de 1,5% sobre o valor enviado ou recebido, o que pode encarecer as operações de conversão de moeda.
  • A Vest não tem um serviço de banking integrado ao seu broker account, ou seja, os clientes não podem usar os ativos da conta de corretagem para fazer compras ou saques. O cartão pré-pago internacional da Vest funciona como uma conta separada, que precisa ser recarregada com o saldo em dólares da conta. Além disso, o cartão pré-pago internacional da Vest não oferece os mesmos benefícios do cartão de débito Mastercard da Interactive Brokers, como proteção contra roubo de identidade, garantia estendida, proteção de preço, satisfação garantida, ofertas e experiências exclusivas, entre outros.

Conclusão

Em conclusão, a escolha entre essas corretoras dependerá das necessidades individuais do investidor, seu perfil de risco, objetivos financeiros e preferências em termos de interface e suporte. Recomenda-se sempre verificar as condições atuais das corretoras, bem como eventuais atualizações ou mudanças em seus serviços.

Você também pode gostar...